Educação

envolvimento parentalEstratégias de Envolvimento Parental
Pais na Escola e na Turma

Uma preocupação subjacente a todas as estratégias de envolvimento parental na escola é a da sua possível adequação a diferentes tipos de famílias, escolas e comunidades. É possível que um professor numa escola possa incentivar um maior envolvimento dos pais, seja a nível da sala de aula, seja a nível de escola, mas a mudança só poderá ocorrer quando toda uma cultura de parceria for assumida pela escola.
O envolvimento dos pais não deve ser entendido como uma opção, mas como algo fundamental no processo de aprendizagem de todos os alunos. Envolvimento que não se esgota na relação do professor da turma com as famílias dos seus alunos, mas que deve incluir a relação da escola com as famílias constituindo uma das prioridades dos órgãos de gestão. A relação da escola com os pais reflete-se na dinâmica e cultura de escola e deve estar definida no Projeto Educativo. Só assim se poderá falar de uma comunidade educativa efetivamente envolvida.
Acrescente-se que a ausência de uma visão mais alargada sobre como e onde intervir, por parte das famílias, (o que posso fazer? o meu contributo será importante?), é reforçada pela ausência de práticas de participação, situação decorrente da nossa história social e política, do fechamento da escola face às comunidades e da sua perspetiva autocentrada.


Leia texto completo (onde se fala também, da organização e do papel da Turma) em: http://academiaramirofreitas.org/documentos/Envolvimento_Parental_na_Escola_e_na_Turma.pdf