Academia Ramiro Freitas

Academia de Cultura e Solidariedade

 

 

 

transicao cicloPalestra sobre a transição do 1.º para o 2.º ciclo e os problemas dos alunos no 6.º ano.
Dia 9 de maio de 2015, pelas 14h30, em Almada, pela psicóloga Cristina Morais.

Do 4.º para o 5.º ano ocorre uma mudança significativa na vida escolar das crianças e, também, para as famílias. O que muda? Como enfrentar a nova realidade?

Como podem os pais ajudar os seus filhos e estarem presentes nesta importante fase de crescente autonomia das crianças?

Que problemas se colocam aos alunos no 6.º ano e como ultrapassá-los na transição para o 3.º ciclo?

Apoio aos PaisNo Gabinete de Apoio aos Pais e Alunos (GAP) da Academia Ramiro Freitas (ARF) estão disponíveis diversos serviços de apoio no âmbito da Psicologia para crianças, jovens, adultos, famílias, designadamente: Avaliação Psicológica; Acompanhamento de jovens, crianças e adultos; e Orientação Escolar e Vocacional, entre outras áreas de intervenção.

Ler informação completa aqui.




Relatorio.Avaliacao GAPO Gabinete de Apoio aos Pais, Avós e Alunos (GAP), iniciado em setembro de 2014, tem a missão de dar respostas mais célebres às necessidades educativas, sociais e familiares notoriamente emergentes, designadamente, a nível da psicologia. Entre o início de atividade do GAP, até final do mês de maio de 2015, foi realizado o acompanhamento de 29 alunos e 2 adultos, contabilizando 28 famílias apoiadas, num total de 294 sessões realizadas.

Clique aqui para consultar o Relatório de setembro 2014 a maio de 2015.

Conversas paisCiclo de palestras destinadas a pais, encarregados de educação e avós, na perspetiva de enriquecimento e melhoria das suas capacidades pessoais e parentais, tendo como objetivo o sucesso escolar e bem-estar dos seus filhos e educandos.

Tema: Para um ano letivo com sucesso
8 de novembro | 15 horas
Metodologias de estudo; problemas de atenção e concentração; dificuldades de aprendizagem, leitura e escrita; regras e limites.

Tema: Hiperatividade
15 de novembro | 15 horas
Perturbação da hiperatividade com défice de atenção; agressividade; instabilidade emocional.

Dinamização: Cristina Morais, psicóloga educacional
Local: Auditório da Casa das Associações, Cova da Piedade

 

Algumas crianças têm dificuldades em lidar com os impulsos. Para elas o mundo só faz sentido se o puderem tocar, subir, desmontar e saboreá-lo.


Os pais destas crianças sentem-se frequentemente exaustos. Sabem que têm de estar presentes em todos os momentos para pôr travão ao jovem explorador. Nesta idade, a disciplina faz-se olhos nos olhos, mão na mão. Vale a pena explicar as coisas com palavras, para que, com o tempo, o seu significado seja entendido.
Mas, por si só, as palavras não contribuem para sossegar uma criança. Nesta idade, a disciplina consiste no ensino de controlo gradual dos impulsos, o que não se aprende num passe de mágica.

Ler mais: As Crianças e os Impulsos


Especialistas mostram que reconhecer o fracasso é melhor do que passar a mão na cabeça e poupar o seu filho.

Pesquisas científicas indicam que, para aprender com um erro ou fracasso e evitar que ele se repita, o primeiro passo é assumir a sua responsabilidade e pensar no que poderia ter sido mudado para alterar o resultado. Pena que não é bem isso o que costumamos fazer...

Qual pai, por exemplo, diz ao seu filho depois de perder um jogo, por exemplo, de futebol: "Erraste muitos passes, não mereceste mesmo ganhar, tens de treinar mais"? Soa até cruel, não é? É bem mais comum a criança ouvir frases como: "Tudo bem, o importante é competir", ou "Aquele árbito apitou mal demais o jogo", ou ainda "Tu és ótimo, não te preocupes, vais ganhar na próxima". Isso porque, durante várias décadas,acreditou-se que era importante manter a autoestima das crianças em alta e elogiar sempre sua performance para encorajá-las. Mas esses conceitos começam a ser questionados.

Ler mais: Como ajudar o seu filho a lidar com erros e fracassos

Debate conflitos 400pxSessão em 26 junho 2014 | 09h30 às 12h00 | Sala Pablo Neruda, Fórum Municipal Romeu Correia

Tema: A conflitualidade parental, que abordagens, intervenções e formas de apoio

Grupos de Mútua Ajuda: Criar redes de suporte informal, partilhar informação e estratégias para lidar com situações colocadas após separação familiar, evitar o isolamento, fazer-se ouvir, aumentar a autoestima, fortalecer a capacidade de tomada de decisão e de afirmação pessoal.

Destinatários: Técnicos da Segurança Social e da Reinserção Social, Profissionais de Serviço Social, Psicólogos, Docentes, Magistrados, PSP, IPSS, Misericórdia, Infantários, Externatos e outras instituições e pessoas com interesse no tema.

Programa: 09h30 - Emília Prudêncio, CMA; 09h40 - Patrícia Mendes, APIPDF; 09h50 - Helena Leitão, CPCJ/Almada; 10h00 - Ana Varão, psicóloga; 10h10 - Sandra Inês Feitor, jurista; 10h20 - Ana Beatriz Saraiva, ARF - Grupo Mútua Ajuda de Almada; 10h30 – DEBATE. Moderador: Fernando Gomes, ARF.

Organização: Academia de Cultura e Solidariedade Ramiro Freitas

Apoios: APIPDF – Associação Portuguesa para a Igualdade Parental e Defesa dos Direitos dos Filhos e Câmara Municipal de Almada

Reportagem vídeo da sessão em: http://webedufoco.wordpress.com/

 

ARF FormacaoParentalA formação e educação parental é um objetivo prioritário e estratégico, quer no contributo para o sucesso escolar dos filhos e educandos dos formandos, quer para o aperfeiçoamento de competências e esclarecimento de dúvidas comuns aos pais.

As ações de formação da Academia Ramiro Freitas são desenvolvidas por módulos temáticos, com programa e calendarização própria, através de: ação modelar temática, oficina de pais, palestras e tertúlias.

 

 

Seminario Literacia EmocionalA Academia Ramiro Freitas, em parceria com a FERSAP e a All Coach - Academia de Liderança para Jovens, na continuação do seminário "Os cinco princípios chave para a educação de crianças", o primeiro de um ciclo e que decorreu em Almada, no dia 11 de fevereiro de 2012, com grande êxito, realizou o Seminário Literacia Emocional, igualmente centrado na educação de crianças, no dia 3 de março de 2012, no auditório da Escola Secundária Professor Ruy Luís Gomes, no Laranjeiro.

O propósito para o desenvolvimento da Literacia Emocional é identificar emoções e sentimentos a fim de obtermos o apoio emocional e compreensão que precisamos, mas principalmente para ser capaz de mostrar o nosso apoio emocional e compreensão aos outros. Neste caso às crianças.

Nelson Viegas1A Academia Ramiro Freitas, em parceria com a FERSAP, realizou o seminário "Cinco princípios chave para a educação de jovens", no dia 11 de fevereiro de 2012, das 14.30 às 17.00 horas, no Museu da Cidade de Almada.

Foi orador o Doutor Nelson Viegas, docente no MBA de Gestão na Escola de Gestão de Negócios da Universidade Autónoma, de Lisboa.

O objetivo deste seminário é sensibilizar pais e professores para a formação de jovens, e, também, de professores, com vista ao Desenvolvimento de Competências Comportamentais (divididas entre Competências Sociais, Competências de Trabalho e Competências Pessoais). As competências, por serem algo que pode ser desenvolvido e aprimorado no indivíduo permitem uma maior equidade na formação do jovem, maior inclusão e maior contribuição para o sucesso. Os benefícios imediatos para o aprendente são o aumento da Auto Imagem e Auto Estima, o aumento dos níveis de Memória e Retenção, melhoria dos Níveis de Humor, aumento da Sociabilidade e a diminuição da Agressividade, com consequente impacto positivo no aproveitamento escolar.
 

O primeiro Workshop Dirigentes Associativos realizou-se no dia 8 de outubro de 2011, na Casa da Cerca, em Almada, promovido pela Academia de Cultura e Solidariedade Ramiro Freitas (ARF) em parceria com a FERSAP.

Os objetivos específicos deste workshop são os seguintes:
- Promover o conhecimento das boas práticas do trabalho associativo;
- Formar na vertente de educação não formal, com vista ao conhecimento, experiência e domínio esclarecido de vários âmbitos do quotidiano das associações;
- Desenvolver prática da partilha para a sustentabilidade do associativismo, através de redes de trabalho e informação.

Do Programa destacamos os temas:
– Filosofia, ética e valores - Fernando Gomes | Presidente da MAG da ARF e ex-dirigente do MAP
– Desafios do dirigente associativo - Ana Beatriz Saraiva | Psicóloga
– Testemunho - Catarina Valença Gonçalves | Historiadora de arte
– Redes de trabalho e informação
– Planeamento estratégico e análise SWOT - Pedro Amaral | Gestor

 


Acção de Formação em Competências Educativas dos Pais – Apoio nas tarefas escolares. Os formandos foram seleccionados pela ASDL – Associação de Solidariedade e Desenvolvimento do Laranjeiro, instituição que nos contratou, e decorreu, na sede da ASDL, de 16 de Novembro a 2 de Dezembro de 2011, em seis sessões de 1h30 cada, no total de nove horas.

Estamos disponíveis para desenvolvermos estas acções de formação, designadamente, nas escolas, através das associações de pais, ou com outros parceiros.

 

 

Ler mais: Acção de Formação em Competências Parentais

O Nosso Trabalho em Números

>10

ações de formação

+ de 5

anos de constituição

+ de 400

participantes

>70

eventos

...opinião

O rastreio de avaliação psicológica realizado pela Academia Ramiro Freitas nas turmas do Jardim de Infância da EB Miradouro de Alfazina, sinalizou as dificuldades e problemáticas que se manifestam no pré-escolar. Este projeto foi muito importante para as crianças, para as famílias e para a escola. A deteção precoce das dificuldades destas crianças permitirá um maior sucesso escolar no 1.º ano de escolaridade.
Luís Costa
Luís Costa
diretor de Agrupamento de Escolas
A Academia Ramiro Freitas realizou uma sessão de trabalho com uma turma da Escola Anselmo de Andrade, que apresentava comportamentos de conflitos entre pares, em que o relacionamento entre alguns alunos era um pouco tenso, refletindo-se no desempenho escolar. Consideramos que a intervenção foi adequada na metodologia e para a faixa etária em questão. Auscultados os alunos, consideraram que foi uma sessão muito interessante, divertida e importante para a sua formação cívica.
Teresa Vieira
Teresa Vieira
diretora de turma
Agradecemos a disponibilidade e simpatia em nos apoiar, bem como o material disponibilizado. A sessão (Tertúlia com Pais – Orientação Vocacional) foi bastante proveitosa para todas as participantes, bem como para a equipa, tendo o feedback até ao momento sido bastante positivo.
Carla Martinho
Carla Martinho
coordenadora do Projeto Agir a fazer o futuro - E5G